Record contrata chef Felipe Bronze para seu novo reality de culinária - Receitas Saborosas Demais

Record contrata chef Felipe Bronze para seu novo reality de culinária

A diferença do Top Chef para o MasterChef será o formato do programa, que terá apenas cozinheiros profissionais que terão que conviver juntos igual no BBB.


O chef Felipe Bronze vai apresentar a versão brasileira de Top Chef: competição faz sucesso nos EUA (Imagem: Reprodução/GNT)
O chef Felipe Bronze vai apresentar a versão brasileira de Top Chef: competição faz sucesso nos EUA (Imagem: Reprodução/GNT)

A Record contratou na tarde de quarta-feira (24) o chef de cozinha Felipe Bronze. Conhecido por seus realities no GNT, como Que Seja Doce e The Taste Brasil, ele será o principal rosto da aposta da emissora para as noites de terça e quinta-feira no primeiro trimestre de 2019. A rede adquiriu Top Chef, formato que está no ar há 16 temporadas nos Estados Unidos.

A principal diferença do Top Chef para o MasterChef é que o formato a ser produzido pela Record envolve somente cozinheiros profissionais. Além disso, investe na convivência entre os participantes. Eles ficam confinados em uma casa e são privados de informações exteriores, como acontece em Big Brother e em A Fazenda.

O reality que será apresentado pelo chef fenômeno da TV paga será a terceira competição de culinária produzida pela Record. As duas primeiras empreitadas da emissora no gênero foram apresentadas pelo confeiteiro Buddy Valastro.


O Batalha dos Confeiteiros, que promovia uma competição entre doceiros amadores, teve duas temporadas, em 2015 e em 2018. Já o Batalha dos Cozinheiros, um genérico do MasterChef, não passou da primeira edição, feita em 2016. Apenas a primeira temporada da competição de doces foi vice-líder no Ibope. 

No ar desde 2006 nos Estados Unidos, a edição americana do Top Chef deu US$ 125 mil de prêmio ao vencedor da 15ª temporada, o equivalente a R$ 467 mil. É a maior premiação de todas as competições de culinária da televisão.

O Top Chef brasileiro contará com mais dois chefs, que farão parte do júri da atração com Felipe Bronze, que, além de ser jurado, apresentará o formato. A Record, porém, ainda não bateu o martelo sobre quem serão esses dois nomes.

Com o novo programa, sobe para dez o número de realities de culinária exibidos apenas na TV aberta nos últimos quatro anos.

O 'boom' do gênero começou com o sucesso do MasterChef, da Band, em 2014. Teve tanta repercussão que ganhou mais duas versões, batizadas de MasterChef Profissionais e MasterChef Júnior. Para 2019, é cogitada a produção de uma versão com as estrelas das temporadas anteriores.

Fonte: UOL